Cinenómada no XII Festival de Cinema de Lanzarote

De 9 a 20 de abril de 2012
Festival_Cine_Lanzarote

No encontro anual da ilha de Lanzarote com a 7ª Arte, o cinema africano estará presente através da Cinenómada, um projecto de divulgação de cinema africano patrocinado pela Casa África e gerido pela Al-Tarab, organizadora do Festival de Cinema Africano de Tarifa e que coloca a sua colecção fílmica à disposição das associações e instituições que a solicitem.

O Cinenómada é um programa financiado pela Casa África e gerido por Al-Tarab, organizadora do Festival de Cinema Africano de Tarifa (FCAT), que tem como objectivo dar a conhecer a produção cinematográfica do continente africano em Espanha.

A Casa África patrocina o Cinenómada porque tem, como Al-Tarab, o objectivo de dar a conhecer o cinema africano ao maior número possível de espectadores espanhóis e de aproximar África a Espanha.

O Cinenómada coloca à disposição de diferentes entidades uma ampla selecção de títulos procedentes das passadas edições do FCAT, legendados em espanhol, que é hoje a única oferta desta dimensão e género que existe em Espanha e que garante a realizadores e a produtores do continente africano alguns rendimentos, que, embora modestos, são frequentemente os únicos que obtêm.

É dirigido a associações, municípios, conselhos, universidades, centros culturais, cinematecas, museus e qualquer tipo de organismo ou instituição interessada na promoção do cinema africano. Com o Cinenómada consegue-se difundir ao longo de todo o ano um cinema que, de outra forma, continuaria a estar concentrado exclusivamente em festivais especializados.

O cinema africano estará novamente presente neste encontro anual da ilha de Lanzarote com a 7.ª Arte e irá fazê-lo através do Cinenómada, um projeto de divulgação do cinema africano patrocinado pela Casa África e gerido pelo Al-Tarab, organizador do Festival de Cinema Africano de Córdova (FCAT) e que coloca o seu fundo fílmico à disposição das associações e instituições que o solicitem.

Os organizadores do Festival de Cinema de Lanzarote, conscientes de que a indústria cinematográfica está imersa num complexo processo de reconversão, uma vez que a Internet já oferece estreias através de pagamento, recupera filmes antigos e divulga curtas-metragens. Esforçaram-se, assim, por elaborar uma amplíssima lista de conteúdos de que desfrutarão todos os amantes do cinema em Lanzarote.

Os residentes em Lanzarote e os visitantes cujo interesse faz com que este Festival seja importante, um dos pioneiros nas Canárias, são os que tornam possível que exista esta festa cinematográfica. Nas palavras dos organizadores: «Cinema para compreender, para responder a perguntas e gerar outras. Cinema para nos encontrarmos, nos perdermos e voltarmos a procurar-nos. Para sonhar e para pôr os pés no chão. Cinema para te ver melhor, para nos ver melhor.»

No âmbito deste Festival, que encherá a ilha de cinema de 9 a 20 de abril 2012, realiza-se a Mostra de Cinema Africano, para a qual o Cinenómada contribui com diversas fitas. Realizar-se-á no sábado, dia 14 de abril, às 18 horas, no Teatro Insular de Lanzarote, estando previstas as projeções:

Mwansa, The Great

Abandon de poste

Hasaki Ya Suda

La Métaphore du manioc

Drexciya

 
 
 
Compartir con:
 
 
Newsletter

E-Newsletter


Recibe nuestro boletín electrónico semanal con las actividades y noticias de Casa África.

 

Quién es Quién en África


 

  • Filter by:
 
of426

There are no results for this search
 

Efemérides


Premios de Casa África


Premios Griot de Ébano, Premios de Ensayo, Premios de cine...